5 Dicas Para Decisões Estratégicas

Veja 5 dicas para tomar decisões estratégicas na empresa!

As decisões estratégicas ajudam gerentes e diretores das empresas a maximizar o lucro e fazer os empreendimentos se manterem à frente da concorrência. Isso porque a tecnologia e a capacidade técnica já são uma realidade em todos os negócios.

As tomadas de decisão em momentos errados ou feitas com base apenas em intuição são tão prejudiciais quanto a falta delas. Para que um negócio seja bem-sucedido e diferenciado dos outros, seus líderes precisam ter planejamento.

Elaboramos este artigo com as 5 principais dicas para ajudar líderes a tomar decisões estratégicas e otimizar os negócios em suas empresas. Acompanhe!

1. Conheça os tipos de tomada de decisão

Normalmente, mesmo sem saber, as pessoas tomam suas decisões utilizando três maneiras distintas. Conhecê-las é de grande importância para os gestores entenderem as suas tendências e influências no momento de suas escolhas.

Veja quais são os três tipos de tomada de decisão:

  • intuitiva;
  • sistemática;
  • com base em princípios.

Compreenda como essas três modalidades funcionam, com mais detalhes.

Intuitiva

A decisão intuitiva, em sua grande maioria, é tomada com base no pressentimento. Usa pouco raciocínio lógico e muita emoção. Seu uso constante pode trazer riscos para as empresas.

Sistemática

A tomada de decisão sistemática trabalha com base em coleta de dados e análise de situações. É a mais indicada para o sucesso no mundo dos negócios. Usa matemática e dados estatísticos.

Com base em princípios

São decisões com fundamento semelhante às intuitivas, no entanto, usa crenças pessoais. Podem trazer problemas culturais, pois tendem a ser interpretadas como ofensas, dependendo dos valores de pessoas diferentes.

2. Adote ferramentas e a tecnologia

Use e abuse dos softwares e das ferramentas de gestão disponíveis no mercado. Eles são muito precisos e oferecem resultados rápidos. Independentemente do tamanho do negócio, vale a pena que os gestores adotarem um sistema nas tomadas de decisões.

3. Colete, mensure e analise dados

A coleta, a medição e a análise de dados fazem parte das tomadas de decisões sistemáticas. São medidas eficientes, pois nelas podem ser inseridas informações internas e externas. Ou seja, o gestor pode aproveitar, até mesmo o comportamento do mercado e da concorrência.

4. Evite as decisões intuitivas

As decisões intuitivas utilizam a percepção e discernimentos dos indivíduos. Dependendo do estado emocional das pessoas, os resultados obtidos em suas escolhas podem ser precipitados e enganosos.

5. Estabeleça objetivos tangíveis

As tomadas de decisões precisam ser pautadas em objetivos tangíveis. Como diz o antigo ditado: não devemos dar passos maiores que as próprias pernas. Portanto, os projetos devem ser realizáveis. Do contrário, serão apenas sonhos.

Os projetos devem ser elaborados de maneira estratégica. Os líderes devem tomar decisões que possam ser desenvolvidas de acordo com as capacidades técnicas, produtivas, financeiras, entre outras.

Então, percebeu que tomar decisões estratégicas não é tão difícil? As suas medidas não fazem parte de segredos guardados a sete chaves, e sim, verdades e técnicas. Sempre que precisar, releia nossas dicas. Com elas, certamente, você acertará em suas escolhas.

Gostou do assunto? Continue conosco. Além do blog, estamos presentes no Instagram, no Twitter, no Facebook, e no LinkedIn.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *