Análise Financeira

Análise financeira: qual sua importância e como fazer

Fazer uma análise financeira é fundamental para que o gestor da empresa tenha pleno conhecimento a respeito de seu fluxo de caixa, desempenho de vendas, controle de despesas e receita e de todos os aspectos que contribuem com tomada de decisões estratégicas e a estabilidade econômica do negócio.

Por isso, preparamos este conteúdo para que você entenda o que é análise financeira, qual a sua importância para a empresa e como ela é feita na prática. Continue a leitura do artigo para saber mais sobre o assunto!

O que é a análise financeira?

Também conhecida como análise econômica ou, ainda, análise de resultados, uma análise financeira nada mais é do que o conjunto de medidas, ferramentas e esforços para estudar os aspectos financeiros da organização e, assim, compreender melhor qual a sua capacidade de gerar lucro.

Como essa técnica abrange o uso de indicadores de performance do negócio em aspectos específicos, o gestor pode, por exemplo, mensurar o desenvolvimento da empresa e avaliar a sua situação financeira, de modo que consiga reduzir desperdícios e otimizar o uso dos recursos.

Qual a importância da análise financeira?

A falta de um conhecimento profundo sobre os problemas internos, muitas vezes, está entre as principais razões que leva diversas organizações a quebrarem. A ausência de uma boa análise financeira acaba desencadeando uma série de consequências negativas que impactam diretamente os lucros do negócio.

Sendo assim, quanto menor for seu controle sobre o fluxo de caixa, menor será o capital de giro. Portanto, a importância da análise financeira está no fato de que ela proporciona informação o suficiente para que o gestor tome decisões inteligentes e, assim, garanta a sobrevivência e o desenvolvimento da empresa.

Como fazer uma análise financeira?

Para realizar uma análise financeira na prática, é fundamental que o gestor conte com um bom software de automação, especialmente que seja desenvolvido para atender às necessidades contábeis da empresa.

Partindo do pressuposto de que o empreendedor tomou a decisão de trazer a transformação digital para dentro de sua companhia e aderiu ao uso de uma ferramenta automatizada integrável, basta munir o sistema com dados a respeito das mais diversas questões que integram as finanças do negócio.

Dessa maneira, ele poderá visualizar com maior clareza qual a real situação da empresa, já que esses sistemas contam com dashboards intuitivos. Entre o tipo de informação que deve ser integrar a sua análise financeira, podemos citar:

  • custos fixos e variáveis;
  • custos operacionais;
  • margem de contribuição;
  • preço de vendas;
  • faturamento mensal, trimestral, semestral e anual;
  • lucratividade e demanda de consumidores;
  • histórico de transações;
  • fluxo de caixa.

Entre tantas outras informações pertinentes às finanças.

Como a solução Asplan 360 pode ajudar?

Os recursos oferecidos pela ferramenta Asplan 360 são disponibilizados a partir da Nuvem, o que garante escalabilidade, segurança e mobilidade à empresa. Além disso, suas ferramentas desenvolvidas especificamente a gestão financeira e contábil do negócio contribuem não apenas para que a análise financeira seja realizada com mais eficiência, mas também abrangem os mais diversos departamentos da organização. Dando uma visão em 360º para o gestor.

Como você pôde conferir, a análise financeira abrange a uma série de práticas que têm como finalidade estudar a real situação econômica do negócio, gerando inteligência para a tomada de decisões. Dessa forma, os gestores podem otimizar o fluxo de caixa, reduzir os desperdícios e aumentar a lucratividade.

Este artigo sobre como funciona foi útil para você? Então não deixe de conferir também nosso post sobre as 3 dicas práticas de como pagar menos impostos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *