Atendimento ruim das operadoras contribuiu para suspensão da venda de chips - Asplan Sistemas

Atendimento ruim das operadoras contribuiu para suspensão da venda de chips


Sinal deficiente não foi o único problema levado em conta pela Anatel

A suspensão da venda
de chips das operadoras TIM, Oi e Claro deve-se não só à falta de
qualidade da rede, mas também por conta da deficiência no atendimento
aos consumidores, segundo a Anatel.

O gerente da Anatel de Santa Catarina, Estevão Hobold, explica que a
queda na qualidade do serviço foi avaliada pela agência há mais de um
ano:

— A Anatel vem acompanhando a evolução das reclamações [dos consumidores
de telefonia móvel] e promovendo ações de fiscalização com indicadores
de qualidade.

Na última quarta-feira (18), a Anatel (Agência Nacional de
Telecomunicações) suspendeu a venda de chips, após avaliar dados das
três empresas pelos últimos meses e constatar que as deficiências do
serviço prestado e o grande número de reclamações recebidas pela
agência.

Para o representante da Anatel, a suspensão foi o resultado de “um
conjunto de situações”. A agência avaliou 14 indicadores diferentes
antes de decidir pela suspensão da venda dos serviços.

Dentre os pontos fracos citados pelo gerente regional está a falta de
atenção das operadoras à qualidade da cobertura de suas redes – o
chamado sinal fraco.

Outro dos fatores listados pela agência foi a grande quantidade de
queixas de usuários sobre interrupções do serviços de telefonia a redes
de dados 3G.

Segundo Hobold, o descontentamento dos consumidores reflete as falhas no
atendimento e a inabilidade da empresa para a resolução dos problemas
com telefonia móvel e nos planos de dados.

— As empresas não deram uma resposta concreta ao consumidor, que o deixe
satisfeito ou que apresente uma solução definitiva para os casos.

Vitória do consumidor

A atitude tomada pela Anatel foi considerada uma vitória dos
consumidores de telefonia móvel brasileiros na visão de alguns
especialistas do setor.

“[é um] dia histórico para os consumidores!”, comenta o coordenador do
curso de Gestão de Marcas da Trevisan Escola de Negócios, Marcos Hiller.

O especialista em marketing afirma que a decisão da Anatel deve servir
como reflexão para que os consumidores busquem seus direitos:

— Todos nós, sem exceção, passamos por algum tipo de aborrecimento na
condição de consumidor. Legalmente falando, o consumidor pode ter
inúmeros direitos e munições para se proteger, no entanto, a corda
sempre pende para o lado mais fraco. Mas hoje nós vencemos.

Hiller ainda comenta a existência de opções gratuitas para a comunicação por voz, como os aplicativos Viber, Skype e Whatsapp.

Para o consultor a decisão da Anatel foi “pertinente e acertada” e
também é um alerta para empresas de outros segmentos que não entregam o
serviço prometido.

Fonte: http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/atendimento-ruim-das-operadoras-a-clientes-contribuiu-para-suspensao-da-venda-de-chips-20120719.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *