Executivo da Microsoft defende a nova interface do Windows Explorer - Asplan Sistemas

Executivo da Microsoft defende a nova interface do Windows Explorer

“Para aqueles que acham a decisão equivocada, não há muito o que possamos fazer a não ser discordar”, afirmou. Redesenho estará no Windows 8.

Desde que a Microsoft revelou que a interface ribbon – presente nas últimas versões do Office – seria implementada também no Windows 8,
as críticas e reclamações aumentaram. No entanto, apesar delas, o
diretor da divisão de Sistemas Operacionais, Steven Sinofsky, garantiu
que o plano será mantido, e que a interface ribbon chegou para ficar.

Na última semana, a Microsoft divulgou o Windows Explorer, já com o redesenho. Alex Simon, diretor da companhia, escreveu
em seu blog que o modelo permitiria “a criação de um gerenciador de
arquivos otimizado, com comandos localizados de maneira lógica,
garantindo uma experiência dinâmica”.

Em seguida, foi a vez de Sinofsky publicar
mais detalhes a respeito das mudanças, explicando, inclusive, como as
interfaces  ribbon e metro – usada no Windows Phone 7 – irão coexistir. A
resposta dos internautas não foi das melhores, o que o levou o
executivo a esclarecer as circunstâncias no post seguinte:

“Nós já sabíamos que críticas viriam. No entanto, escolhemos o
mecanismo ribbon, e, para aqueles que acham a decisão equivocada, não há
muito o que possamos fazer a não ser discordar”, ressaltou.

Leia mais: Windows 8 não exigirá hardware melhor

O executivo foi direto ao afirmar que as maiores reclamações viriam
justamente da audiência do blog – um público que segue de perto o
desenvolvimento do sistema. Alegou, porém, que aposta em um retorno
diferente da vasta maioria de usuários do produto.

Quanto à interface ribbon, ela tampouco foi bem recebida quando
chegou ao Office, mas, aos poucos, foi mostrando as vantagens que
trazia. Deixou as principais funções do software mais próximas do
usuários, que, com menos cliques, encontravam o que queriam. Aplicar
alterações semelhantes ao Windows 8, faz sentido, e possivelmente o
tornará mais intuitivo que seu antecessor.

(Preston Gralla)

Fonte: http://idgnow.uol.com.br/computacao_pessoal/2011/09/07/executivo-da-microsoft-defende-a-nova-interface-do-windows-explorer/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *