Google é acusado de manipular buscas

São Paulo – Quando você clica no botão “Estou com sorte”, do Google,
pensa que os melhores resultados aparecem na tela? Pois a Comissão
Federal de Comércio dos Estados Unidos (FTC) duvida desse ranking.

O órgão regulatório prepara uma intimação ao Google como parte
de um inquérito para investigação de suspeita de manipulação dos
resultados de busca da empresa, informou o jornal The New York Times. A
investigação está centrada no principal negócio da companhia: busca na
Internet e publicidade, que totalizou 29,3 bilhões de dólares no ano
passado.

Ao fazer um site ter mais ou menos chances de aparecer no topo das
buscas, o Google, teoricamente, pode afetar a quantidade de tráfego de
um site e, portanto, o quanto ele poderia cobrar por publicidade.

No ano passado, a Comissão Europeia abriu uma investigação
antitruste contra o Google, depois de reclamações de empresas menores,
que alegaram ter seus sites rebaixados nos resultados. A investigação
ainda está pendente.

Nos últimos anos o Google tem sido alvo de investigações por
parte de órgãos antitruste, a maioria delas envolvendo aquisições. De
acordo com a empresa de pesquisa comScore, o Google controla 65,5% do
mercado, o Yahoo tem 16% e o Bing, 14%. Nos Estados Unidos, a Comissão e
o Departamento de Justiça americano analisaram de perto as aquisições
das empresas de publicidade online DoubleClick e AdMob.

Mais recentemente, a justiça americana analisou a compra da
ITA Software, uma empresa de serviços de viagens. O governo permitiu a
operação depois que o Google concordou em deixar o governo monitorar o
caso. Neste mês o governo iniciou uma investigação sobre a aquisição de
400 milhões de dólares da Admeld, que fornece serviços de publicidade às
editoras.

Em 2008, o Departamento de Justiça também bloqueou uma
proposta de acordo publicitário entre Google e Yahoo por causa das
preocupações sobre seu efeito na concorrência. No ano passado, também se
opuseram ao acordo entre Google e editoras e autores, em parte porque a
empresa teria poder demais no mercado de livros digitais.

Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/mercado/google-e-acusado-de-manipular-buscas-24062011-20.shl

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *