Prepare-se Para Os Principais Impactos Do ERP Na Gestão

Prepare-se para os principais impactos do ERP na gestão

Provavelmente, você não deve ter parado para calcular como as atividades do dia a dia na gestão de uma organização consomem muito tempo e atenção. Para isto, há uma grande aliada que é a tecnologia. Com a função de simplificar rotinas e otimizar recursos, os impactos do ERP na gestão estratégica são cada vez mais valorizados por gestores que pretendem ganhar competitividade e aumentar os lucros do negócio.

Além disso, o tempo dos colaboradores poderia ser muito melhor aproveitado na realização de tarefas estratégicas, se sua empresa possuísse um bom sistema de gestão. Caso você ainda tenha dúvidas sobre a efetividade de um ERP na gestão de sua empresa, acompanhe nosso post!

Nele, você conhecerá os impactos do ERP na gestão de sua empresa e saber mais sobre o ERP 360. Confira!

Quais são os impactos do ERP na gestão?

Melhor tomada de decisões

Quando se usa vários bancos de dados, planilhas ou sistemas para fazer a gestão administrativa da empresa pode ser bem difícil conseguir definir quais são os setores que carecem de mais investimentos, detectar falhas nos processos, entender quais despesas podem ser diminuídas sem prejudicar a qualidade das atividades e definir as causas para os principais problemas de sua organização.

Um bom sistema de gestão disponibiliza visualizações gráficas dos principais dados da instituição. É possível configurar a ferramenta para monitorá-los automaticamente, inclusive, determinando os principais indicadores de desempenho.

Além disso, sempre que for preciso, cada KPI (Key Performance Indicador), gráfico ou dado apresentado, poderá ser verificado detalhadamente, possibilitando que os motivos dos problemas encontrados sejam rapidamente corrigidos.

Diminuição de erros e fraudes

Um dos impactos do ERP na gestão é que seu sistema possibilita uma análise completa de todos os setores da empresa. Assim, decisões mais relevantes a serem tomadas podem ser realizadas baseadas nos dados da organização, evitando desperdícios e gastos. A implementação do sistema de gestão ERP assegura muito mais segurança, visto que a integração de dados evita fraudes e extravios.

Se o sistema utilizado também utilizar o cloud computing (computação em nuvem), as informações ficam ainda mais seguras devido ao fato de serem criptografados.

Otimização de processos

Operações ineptas e dados descentralizados necessitam de custos de mão de obra maiores para as instituições, podendo prejudicar muitos negócios que estão em um momento de dificuldade ou que têm um número limitado de recursos. As soluções ERP podem facilitar e informatizar as ações do dia a dia, proporcionando mais tempo aos funcionários para executar atividades importantes e que de fato trazem retorno.

Integração entre os setores

Ao utilizar programas empresariais diferentes para cada processo há grandes possibilidades de surgirem informações desencontradas e confusas. Isto dificulta quando são feitas comparações de desempenho anuais, tornando-as mais trabalhosas, menos precisas e demoradas.

Em vez de ter informações em vários setores de dados distintos, um ERP reúne todas elas em apenas um lugar, sendo que a atualização e a estabilidade dos dados também é otimizada, o que facilita a compreensão e a visualização dos registros.

Controle fiscal e financeiro

O banco de dados fornece ao usuário a capacidade de obter e armazenar todas as informações necessárias sobre os clientes, seus relatórios financeiros e de crédito em um lugar acessível a todos, facilitando o controle financeiro e fiscal.

Com ele é possível ter um sistema de contabilidade, um programa especial que reduz a burocracia e ajuda a simplificar o processo de planejamento financeiro e obter visibilidade total das operações múltiplas.

Além disso, há um sistema de gerenciamento de ativos fixos que permite controlar e rastrear, de maneira fácil e rápida, a desvalorização ou depreciação de ativos financeiros de empresas e fornecer aos trabalhadores relatórios abrangentes sobre avaliação, ativos e depreciação.

Os painéis financeiros, sistema de relatórios e análises, ajudam a monitorar e operar o desempenho financeiro de seus negócios utilizando dashboards em tempo real com despesas, receitas importantes e métricas de recebíveis, otimizando o gerenciamento de caixa e criando facilmente vários relatórios financeiros de acordo com os requisitos da empresa.

O sistema de gerenciamento de pagamentos, em primeiro lugar, torna muito mais fácil para os clientes administrarem seus negócios aceitando uma enorme variedade de opções de comando de pagamento. Além disso, ajuda a receber uma aceitação de pagamento mais eficiente e a obter um processamento financeiro completo e seguro.

O módulo de orçamento e previsão controla o gerenciamento de fluxo de trabalho, a coleta de informações multidimensionais, as premissas e fórmulas dinâmicas e as declarações completas de planejamento financeiro.

O programa de colaboração de equipe privada permite organizar grupos de discussão especiais que gerenciam a comunicação permanente sobre planejamento financeiro, além de gerar documentos on-line colaborativos sobre diversos procedimentos financeiros.

Reduz erros e garante a segurança de dados

Realizar atividades manuais, como o preenchimento de planilhas, campos e tabelas pode ser uma tarefa bastante maçante, além de gerar erros e a perda de dados essenciais para o bom funcionamento do negócio. Com o uso do ERP, esse problema é corrigido completamente. Já na segurança de dados, o sistema de gestão financeira dá maior tranquilidade.

Todos os registros ficam armazenados e salvos em servidores e com backups, reduzindo muito a chance de perda de informações caso ocorra algum problema com os dispositivos ou alguma eventualidade no setor administrativo que ocasione a perda de documentos físicos.

O que é o ERP 360?

O ERP 360 é uma plataforma de gestão criado para pequenas e médias empresas em crescimento, mas não possuem montante necessário para investir em grandes aplicações de gestão. É totalmente digital — 100% na nuvem e na web. Ele possibilita a automatização de todo o processo de trabalho corporativo, como orçamentos, pagamentos, pedidos, controle de estoques, registro e criação dos arquivos de obrigações legais.

Seu funcionamento é no modelo SaaS (Software as a Service) quando o consumidor paga somente pelo uso da solução. Isto possibilitará que as organizações tenham acesso às ferramentas que antes não era possível. Agora, o seu custo inicial e de manutenção são ajustados ao tamanho do negócio.

Como vimos, são inúmeros os impactos do ERP na gestão da sua empresa. Ele ajuda na produtividade de seus funcionários, eleva a qualidade de seus serviços e faz com que seu negócio seja diferenciado perto de empresas em que os dados são transmitidos de forma mais manual. Caso sua organização pense em diminuir custos, elevar os lucros e otimizar a qualidade do atendimento aos clientes, o sistema ERP é uma das principais soluções para atingir esse resultado.

Agora que você conhece os principais impactos do ERP na gestão, já pode entrar em contato com nossa empresa e conhecer nossos serviços. Para isto, é só acessar nossa página!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *