Ministro quer que 7% dos lucros com o pré-sal sejam investidos em tecnologia - Asplan Sistemas

Ministro quer que 7% dos lucros com o pré-sal sejam investidos em tecnologia

Durante audiência na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), do Senado, o
ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloizio Mercadante,
defendeu uma revisão no sistema de divisão dos lucros gerados pela
exploração de petróleo na camada pré-sal. Pela proposta dele, 7% desse
dinheiro precisa ser usado para investimentos nos projetos relacionados a
sua àrea – ciência, tecnologia e inovação -, enquanto outro 30% devem
ser destinados à educação.

A reivindicação de Mercadante atende a
uma demanda da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência) e
ABC (Academia Brasileira de Ciência). As duas entidades científicas
recolheram assinaturas em um abaixo-assinado, que foi enviando à
presidente da República, Dilma Rousseff. No documento, elas defendem a
partilha dos royalties do pré-sal para educação, ciência, tecnologia e
inovação.

A proposta contraria os governadores e prefeitos, uma
vez que hoje esses recursos do pré-sal serão destinados aos estados e
municípios.

No abaixo-assinado, as entidades científicas apontam
que os 30% que seriam destinados à educação, representariam um
investimento anual de, em média, R$ 3,97 bilhões. “O Brasil precisa se
preparar para a economia do conhecimento, para a economia verde e
sustentável. O pré-sal é o grande passaporte para a gente dar esse
salto”, defende o abaixo-assinado.

*Com informações da Agência Brasil

Fonte: http://olhardigital.uol.com.br/negocios/digital_news/noticias/ministro_quer_que_7_dos_lucros_com_o_presal_sejam_investidos_em_tecnologia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *