Óculos digitais do Google: do laboratório para a realidade - Asplan Sistemas

Óculos digitais do Google: do laboratório para a realidade

SAN FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) – O Google espera lançar em
menos de dois anos uma versão ao consumidor de seus óculos eletrônicos
capazes de transmitir imagens e sons e realizar tarefas de computação,
ainda que não tenha definido o preço para o aparelho.

O Google
Glass será vendido ao consumidor por preço “significativamente” abaixo
dos 1,5 mil dólares que a empresa está cobrando pelas versões de teste
que colocará à venda para programadores a partir do começo do ano que
vem, anunciou o co-fundador da empresa, Sergey Brin.

Ele
demonstrou os óculos em uma conferência anual do Google para
programadores, quarta-feira em San Francisco, oferecendo mais
informações sobre a tecnologia futurista que o Google havia anunciado em
abril. Na ocasião, o Google também exibiu seu primeiro tablet, que
chegará às lojas na metade de julho por 199 dólares, em meio a um
disputado mercado liderado pelo Kindle Fire, da Amazon, e pelo iPad,
Apple.

O Google Glass consiste de uma tela eletrônica do tamanho
de um selo postal montada do lado esquerdo de uma armação de óculos; o
aparelho pode gravar vídeos, acessar emails e mensagens e obter
informações na Web.

Em uma demonstração audaciosa da tecnologia,
diversos paraquedistas equipados com os óculos saltaram de um dirigível e
pousaram no topo do Moscone Center, de San Francisco, transmitindo um
vídeo ao vivo do que estavam fazendo para a plateia.

Jornalistas
fizeram fila para experimentar os óculos que Brin estava usando, e com
eles puderam assistir a um vídeo de fogos de artifício, exibido na
pequena tela. A perspectiva do vídeo muda à medida que o usuário mexe a
cabeça.

O Google Glass pesa menos que alguns modelos de óculos de
sol e contém um chip de rede sem fio e as demais tecnologias tipicamente
encontradas em um celular inteligente -exceto o rádio de telefonia
celular, disseram executivos do Google.

A bateria é menor que a de um celular, mas o Google está trabalhando para conseguir que ela dure um dia inteiro.

Brin
afirmou que antecipa que os óculos estejam disponíveis para
consumidores menos de um ano depois do lançamento do modelo de teste.

O
Google ainda está testando diversos aspectos do produto, entre os quais
um sistema de navegação via tela e a reprodução de mensagens de texto
por voz, disse Brin.

Em resposta a uma pergunta, ele afirmou que não há planos de veicular qualquer tipo de publicidade no aparelho.

Fonte: http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/oculos-digitais-do-google-do-laboratorio-para-a-realidade-20120628.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *