Pequenas empresas fecham por falta de gerenciamento, aponta Sebrae.


Dados divulgados pela Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia mostram
que dos 5 milhões de inscritos no Sistema Simplificado de Tributação, o
Simples Nacional, 77,94% correspondem a microempresas da Bahia. Esse
número representa um total de 223.731 inscritos em todo o estado, sendo
o maior percentual (46,98%) correspondente a microempresas, 24,98% a
microempreendedores individuais e 5,98% a empresas de pequeno porte.

Das
11 mil indústrias existentes na Bahia, 95% são micro e pequenas
empresas. Agora a preocupação do Sebrae é fazer com que a vida delas
melhorem cada vez mais, já que 90% das que quebram, o fazem por
problemas na administração, não por falta de mercado.

Um dos
fatores que contribuem para a mortalidade das empresas é a falta de
gerenciamento dos recursos como o exato controle de estoque, de
compras, financeiro e contabilidade. Controlar os negócios no papel ou
em planilhas do Excel esparsas ainda é prática comum no Brasil, mas
quem busca ganhos de produtividade está pensando como grande empresa e
adotando os chamados sistemas de Enterprise Resource Planning (ERP). A
gestão de sistemas de informação e sua inserção na estratégia
empresarial tem sido cada vez mais um fator chave para o melhor
desenvolvimento e aceleração das atividades de uma empresa.

De
olho neste nicho, a TOTVS Bahia lança em agosto o Núcleo de Pequenas
Empresas, que vai realizar demonstrações dos softwares da TOTVS para
qualquer empresário baiano que tenha interesse em conhecer. Durante os
encontros com os micro e pequenos empresários, a TOTVS Bahia falará
sobre os principais desafios enfrentados pelos micro e pequenos
empresários e apresentará as soluções em tecnologia que facilitam a
gestão e aceleram o crescimento das empresas. Os softwares de gestão
permitem aos empresários o exato controle dos setores financeiro, de
estoque, contabilidade, folha de pagamento, faturamento, logística,
compras, dentre outros.

“A procura por ERP aumentou porque as
empresas buscam cada vez mais formas de ganhar competitividade no
mercado. Para este setor, a principal solução ofertada pela TOTVS é a
TOTVS Série 1, dividida nos seguintes segmentos de negócios: Serviços,
Manufatura, Varejo, Jurídico e Saúde”, destaca Rodolfo Azeredo, gestor
de atendimento e relacionamento da TOTVS Bahia. Ele destaca que nos
primeiros meses de implantação, o Núcleo focará no atendimento aos
segmentos de serviços e manufatura em razão da maior demanda. “Nestas
empresas há maior necessidade de gestão em função da alta
competitividade e dos menores índices de rentabilidade”, explica.

Fonte: http://www.erpnews.com.br/v2/vivvo_general/2382.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *